Terça-feira, 19 de Maio de 2009

 
Fecho os olhos devagar.
Por momentos procuro fugir de mim.
Daquela que todos vêem,
e, tal como eu, julgam conhecer.
Por momentos não sou ela.
Sou apenas eu.
Mais real, mais crua, mais viva.
Sem evasivas ou maquilhagens.
Sou aquela que não se reconhece.
 
 



publicado por Donagata às 11:21
O diário do meu alter-ego. O irreverente, desbocado, mal disposto e insensato alter-ego. Mas também o sensível, o emotivo, o lamechas, aquele que tenta dizer coisas de forma bonita... Assim num pobre arremedo poético.
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

23

24
26
27
29
30

31


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO