Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Imagem daqui
 
Estou daqui a observar
aquele pequeno pardal
que ensaia o seu voar
do alto do meu beiral.
 
Olha p’ra baixo a avezita.
Vejo-a ansiosa, a piar.
Escorrega-lhe a patita…
Eis que se perde no ar.
 
Vem a pique estonteada
até que agita as asitas.
Movimenta-as, desajeitada,
E vem pousar, nas ervitas.
 
Mas eis que o siamês, o gato,
que aguardava paciente
por entre as folhas do cacto
ali, bem na minha frente;
 
e que só por distracção  
eu ainda não avistara
tal era a minha atenção
perante cena tão rara,

Dá um salto repentino
tentando a ave apanhar.
É aí que eu me obstino,
e lá vai o livro pelo ar.
 
O gato foge numa pressa,
com medo de tão grande míssil.
Mas para o cacto regressa
com um ondular leve e grácil. 
 
Lá vou o livro apanhar
e procurar o pardalinho.
Está encolhido, sem piar
quer sua mãe e seu ninho.
 
Pego nele com cautela,
não o quero assustado.
E vou levá-lo à janela,
aquela que fica mais perto
do seu ninho no beirado.
 
 

  (Um pouco ao estilo dos parnasianos, mais propriamente do neo-romantismo nacionalista. Ou então, não!)

 



publicado por Donagata às 01:15
O diário do meu alter-ego. O irreverente, desbocado, mal disposto e insensato alter-ego. Mas também o sensível, o emotivo, o lamechas, aquele que tenta dizer coisas de forma bonita... Assim num pobre arremedo poético.
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

15

23

24
26
27
29
30

31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Copyrights
Creative Commons License
O Bar da Praia by Donagata (Celeste Pereira) is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
Based on a work at donagataempontodecruz.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at livroseopinioes.blogspo.com.
Copyright
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
blogs SAPO